www.cnm.org.br |

(61) 2101-6000

terça, 18 de dezembro de 2018

Iniciativas para o alcance da Agenda 2030 e dos ODS recebem premiação; Curitiba (PR) está entre os vencedores

26122018 Site ODS BrasilBoas práticas voltadas à sustentabilidade foram premiadas pelo governo federal. As iniciativas visam o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e da Agenda 2030, bandeiras que sempre foram defendidas pela Confederação Nacional de Municípios (CNM). O Município de Curitiba, no Paraná, foi um dos contemplados com o Programa Agricultura Urbana. O reconhecimento dos projetos na cerimônia foi dividido em quatro categorias.

O Município de Curitiba foi um dos vencedores da categoria governo que também contou com boas práticas direcionadas à melhoria da saúde em regiões de desenvolvimento e de projetos que reduzam os efeitos das mudanças climáticas e regulação de serviços ambientais. A cerimônia de premiação teve a presença do ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha; e de outras autoridades do governo federal.

O Prêmio visa reconhecer, disseminar e incentivar práticas desenvolvidas por governos subnacionais e diversos segmentos da sociedade civil para que possam ser replicadas pelo país. Também pretende contribuir com a sociedade como forma de disseminar os ODS além mobilizar em favor do alcance das metas da Agenda 2030.

Ainda pode ser destacada a formação de um banco de práticas e a mobilização dos diversos segmentos da sociedade e de governos para o fomento de ações e projetos que contribuam para o desenvolvimento sustentável. As práticas ganhadoras receberam troféu com design de Marcelo Rosenbaum e fabricação de artesãos de Várzea Queimada no interior do Piauí. Instituído pelo Decreto Presidencial 9.295/2018, o Prêmio será concedido bienalmente até 2030. Recentemente, foi lançada uma revista que reúne todas as práticas vencedoras do Prêmio. i

Agenda 2030

Em setembro de 2015, líderes mundiais reuniram-se na sede da ONU, em Nova York, e decidiram um plano de ação para erradicar a pobreza, proteger o planeta e garantir que as pessoas alcancem a paz e a prosperidade transformou-se na Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, a qual contém o conjunto de 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Nesse sentido, a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável propõe uma estratégia de desenvolvimento mundial para os próximos 15 anos.

A CNM promoveu campanha em todas as suas mídias incentivando a inscrição de Municípios no Prêmio e a importância do envolvimento de gestores e gestoras com a Agenda. Confira abaixo os vencedores por categoria:

Categoria com Fins Lucrativos
1º Natura Cosméticos (SP), prática: Certificação das Cadeias da Sociobiodiversidade;
2º Beraca Ingredientes Naturais S.A. (PA), prática: Programa de Valorização da Sociobiodiversidade promove o recolhimento das riquezas brasileiras, o uso sustentável de recursos naturais e o desenvolvimento de comunidades extrativistas;
3º Itaú Unibanco (SP), prática: Programa Mulher Empreendedora

Categoria Sem Fins Lucrativos
1º Confederação Sistemas Integrado de Saneamento Rural – Rede Sisar (CE), prática: Modelo de Gestão Sisar;
2º Fundação Amazonas Sustentável – FAS (AM, prática: Programa Floresta em Pé;
3º Instituto Perene (BA) prática: Programa Fogões Ecoeficientes;

Categoria Ensino, Pesquisa e Extensão
1º Universidade Federal Rural do Semiárido UFERSA (RN), prática: Tecnologia da dessalinização da água salobra e potencial hídrico do rejeito salino na produção agrícola familiar;
2º Casa Familiar Agroflorestal do Baixo Sul da Bahia (BA), prática: Educação Emancipadora e Ações Multiplicadoras em Comunidades Rurais do Baixo Sul da Bahia realizadas pela Casa Familiar Agroflorestal do Baixo Sul da Bahia;
3º Fundação Oswaldo Cruz (RJ), prática: Plataforma Tecnológica para o monitoramento participativo de emergência de zoonoses;
Categoria Governo
1º Instituto de Mudanças Climáticas e Regulação de Serviços Ambientais – IMC (AC), prática: Programa Jurisdicional de REDD+ do Acre do Sistema de Incentivos ao Serviço Ambiental do carbono (ISA Carbono);
2º Município de Curitiba (PR), práticas: Programa Agricultura Urbana;
3º Secretaria de Estado da Saúde SES (PB), práticas: LEGOS: um modelo inovador para soluções de saúde em regiões em desenvolvimento;

Conheça também o site da entidade sobre os ODS: http://ods.cnm.org.br.


Da Agência CNM de Notícias, com informações da Presidência da República