www.cnm.org.br |

(61) 2101-6000

quarta, 19 de dezembro de 2018

Atuação da Amac com prefeitos do Acre é um dos destaques da Marcha

19122018 Marilete AmacA realização da Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios de todos os anos só é possível porque o municipalismo possui 28 entidades estaduais no Brasil unidas e atuantes. A Associação dos Municípios do Acre (Amac) é mais uma que tem engajado os prefeitos do Estado sobre a importância do maior evento municipalista do país. O trabalho da presidente da entidade estadual, Marilete Vitorino, com os prefeitos é um dos destaques da XXII edição da mobilização na capital federal.

A municipalista elencou alguns esforços que foram desenvolvidos pela entidade como forma de conscientizar agentes municipais acreanos e destacou a participação da Confederação Nacional de Municípios (CNM) nesse processo. “Toda informação que consigo nos encontros na CNM eu repasso aos gestores do Acre. Reforço o que está sendo feito e a importância da participação de todos no movimento municipalista. Quanto mais prefeitos presentes, mais forte será o compromisso de parlamentares e do presidente da República com os Municípios”, considerou a municipalista.

A atuação do movimento municipalista encabeçado pela Confederação junto ao Congresso Nacional também foi lembrada pela presidente da Amac. Ela destacou que a realização da Marcha é fundamental para que as demandas municipais avancem no Legislativo federal. “A gente está mostrando o tempo inteiro todas ações da CNM, inclusive nesse final de ano que está bem puxado com o presidente Aroldi trabalhando no Congresso em busca de novas conquistas para os Municípios”, relatou.

Projetos e MMM
Marilete Vitorino está concluindo o seu mandato como presidente da Amac. A municipalista fez uma reflexão de quase dois anos de gestão na entidade e destacou os avanços alcançados nesse período. “Foi um ano que apresentamos uma grande quantidade de projetos de obras de engenharia nos Municípios do Acre e 100% deles foram aprovados pelos ministérios”.

Além de engajar o movimento municipalista como prefeita, integrante do Conselho de Representantes Regionais da CNM e presidente da Amac, Marilete integra o Movimento Mulheres Municipalistas (MMM). Ela destacou o seu carinho pelo MMM e revelou que também tem atuado bastante no Acre para que outras mulheres participem das atividades do grupo. “Tenho muito orgulho de participar do Movimento. A gente tem feito várias ações aqui no Acre. Nós mostramos para as mulheres na reunião do que elas são capazes e convencemos a participarem mais ativamente na vida política do seu respectivo Município. O MMM foi uma das melhores coisas que vivi na CNM e que vou continuar vivendo”, anunciou.

O MMM é o primeiro movimento municipalista feminino apartidário brasileiro e tem como principal objetivo a inserção das mulheres nos processos de governabilidade, dando voz a prefeitas, vice-prefeitas, vereadoras, secretárias municipais e demais mulheres envolvidas na gestão dos Municípios brasileiros. Visa ainda estimular lideranças femininas locais a desenvolverem em seus Municípios alguns projetos sociais que a CNM implementa e que têm mostrado resultados positivos. A Confederação acredita que, por meio dessas ações, serão alcançados impactos sociais ainda mais expressivos.

Inscrições
A XXII Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios acontece entre os dias 8 e 11 de abril na capital federal. As inscrições estão abertas e podem ser feitas aqui.


Por: Allan Oliveira

Da Agência CNM de Notícias